domingo, 22 de dezembro de 2013

"...Um Santo Natal e Feliz Ano 2014..."

...caminhamos nesta época festiva, que se aconselha celebrada entre familiares e amigos no aconchego do lar, praticando gestos solidáriosevitando o consumismo a que o marketing comercial deturpa na sua essência, esta tradicional celebração...
...continuando no tempo, na sua própria toada, para que este velho ano termine, dando inicio sem qualquer interrupção a um novo ano de 2014, que se deseja promissor, entre 365 oportunidades de sonhos e projectos...
...mantenho-me a correr diariamente de forma gratuita, enquanto não me imporem algum imposto para tal, permanecendo ainda numa satisfação redobrada pelo facto de conseguir ser uma fonte positiva de criatividade e inspiração através desta minha Alcateia Uivosdelobo, entre aqueles que com o tempo se dizem ter transformado nas mais variadas formas de Alcateias e competitivos Lobos, que segundo alguns ate já Uivam...
...assim, desta humilde forma, apresento o desejo de "...Um Santo Natal e Feliz Ano 2014..." para todos os meus Familiares e Amigos, que acreditam em mim, incentivam, apoiam e acompanham este meu espaço de Alcateia Uivosdelobo.blogspot.pt, despedindo-me por momentos neste Uivo, enviando um grande abraço, deste velho Lobo, lfmricardo...




sábado, 30 de novembro de 2013

"...Uivo equilibrado em Novembro..."

...tenho o privilegio de viver na proximidade com a natureza, ser conhecedor deste meu habitat natural, entre todas as vivências desta serra, deste campo, em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, reencontrando uma qualidade de vida longe do stress das grandes cidades...
...mantenho uma vida equilibrada, de forma simples e discreta, canalizando energias nos projectos pessoais, correndo livremente ao sabor desta mesma liberdade entre todas as minhas reconhecidas limitações, permanecendo atento ao crescimento que a modalidade do trail running tem obtido conforme se observa no actual calendário nacional entre ofertas com qualidade e sem qualidade supostamente...
...continuo sem apreciar a competição entre o cronometro e a classificação, permanecendo um modesto desportista amador, possuidor de um enorme fascínio em colocar este usado esqueleto em Desafios d´Aventuras de ultra distancias e acumulados de desnível consideráveis, usufruindo da natureza com o maior respeito pela mesma, na busca  de superação e realização do Desafio pessoal, entre o respeito e amizade de todos os intervenientes, permanecendo assim nas minhas origens, mantendo, alimentando este vicio forte, mas saudável...
...assim neste balanço intimo, procuro seleccionar novos azimutes que me transmitam medo, liberdade, felicidade, crescimento, motivação enquanto da realização da voltinha diária que representa todo o trabalho de preparação numa viagem que me transporta ate a conclusão dos objectivos estabelecidos, representando todo este processo a continuidade dos meus sonhos, projectos ou ideais...
...consciente do necessário, possuidor de um confidencial rascunho de apetecíveis Desafios, permaneço concentrado na sua própria essência, tendo mantido o equilíbrio no decorrer deste mês de Novembro, sem a necessidade de aumentar o numero de horas e km percorridos, evitando desgastar-me ou expor-me...
 ...um grande abraço, lfmricardo

   

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

"...Uivo, entre incertezas..."

...lutando contra as inúmeras adversidades ocorridas neste difícil ano de 2013, senti ser necessário prolongar o 1ºMesociclo de trabalho de base, neste mês de Outubro, conseguindo não só manter as voltinhas diárias continuas livres, descontraídas, como também aumentar de forma gradual um pouco a intensidade e as distancias...
...assim, entre inúmeras contrariedades contabilizei mais algumas horas e km, sendo o mais importante de tudo isto o facto de ter conseguido um desejado e necessário equilíbrio, concluindo o mesmo com a minha 43ª Doação Benévola de Sangue...
...tudo indica estar bem, restando-me recuperar um pouco nestes próximos dias, aproveitando para acompanhar como desde sempre e ao vivo a 27ª Baja TT de Portalegre na companhia de alguns amigos desta arte, saboreando em redor das pistas algumas iguarias gastronómicas alentejanas que irão com toda a certeza repor todas as energias despendidas ate então...
...desejoso que este maldito ano termine, observo alguns Desafios no calendário de 2014, mesmo consciente das dificuldades financeiras inerentes, conjuntamente com a instabilidade profissional provocada pela intenção do M.A.I. em fechar a unidade onde
presto serviço, originando tudo isto na incerteza de permanecer ou não em Portalegre, como também da disponibilidade necessária para treinar devidamente para realizar alguns dos desejados Desafios...
...ate então, resta-me ir aguardando pela definição das decisões e permanecer o mais tranquilamente possível entre a minha Alcateia, continuando a correr diariamente e assim iniciar o meu 2ªMesociclo de trabalho especifico, enquadrado com a minha disponibilidade físico/mental e o mais económico possível...
...um abraço, pois amanha será um novo dia!!!
lfmricardo

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

"...construindo um Puzzle..."

...por muitos diálogos ou palavras escritas, poucas serão as vezes em que se consegue transmitir uma comunicação real, enquadrada no tempo!!! ...este tempo não abranda nem acelera, mantém a sua marcha dentro da sua toada constante, transformando o presente em passado rumo a um futuro que se deseja promissor...
...no decorrer destes tempos em que permaneço caminhando, são varias as peças de "puzzle" que devidamente encaixadas entre as suas origens e formas, constituem o pouco que represento ou possuo hoje e  tudo o que idealizo ou desejo para amanha...
...as peças representam variantes como, a sorte por crescer num ambiente familiar extraordinário, pobre financeiramente, muito rico em valores... conjuntamente enriquecido por vivências entre verdadeiros amigos ate então... como os muitos dias de ferias escolares na companhia do meu pai enquanto das suas funções profissionais como Chefe Florestal com o qual aprendi a orientar-me na montanha, a pertencer a serra... enquanto Escuteiro do Corpo Nacional de Escutas vivi verdadeiras aventuras num fortalecimento educativo, honesto, de partilha, aplicando diariamente "a Lei do Escuta" orientada pela simbologia da vara bifurcada do Caminheiro... enquanto o serviço militar, mais propriamente no Corpo de Fuzileiros saboreei o verdadeiro espírito de camaradagem e sacrifício, oferecendo sangue, trabalho, suor, lágrimas, na busca da solução onde muitos somente viriam problemas... as diversas modalidades desportivas praticadas ate então fazem de mim um normal desportista amador, por vezes sazonal e algo indisciplinado, que ainda assim tem revelado uma constante descoberta sobre mim entre os "Desafios d`Aventuras" realizados e todos eles concluídos de forma leal, contribuindo para que um dia seja um cadáver saudável...
...um dia serei um cadáver saudável, porque sei que apenas sou um visitante deste tempo, deste lugar, onde permaneço somente de passagem, onde sempre que oportuno saio pela porta entre aberta da gaiola de ferro em que necessariamente tenho que permanecer diariamente por instantes, saindo da mesma a correr rumo aos meus sonhos, aos meus objectivos, aos meus desafios, numa busca constante dos meus limites onde o caminho mais fácil nunca será a minha primeira escolha, vivendo assim feliz e livre, porque sei que um dia vou partir para casa eternamente...
...de forma feliz e livre iniciei um novo Macrociclo desportivo, ainda sem qualquer definição de objectivos para participar num qualquer apetecido Desafio, que oportunamente o tempo me ira indicar!!! ...o 1ºMesociclo compreendeu as 8/9 semanas de Agosto/Setembro, partilhados inicialmente no calor sufocante enquanto das voltinhas diárias continuas, lentas, curtas e sofridas, que no seu decorrer se foram transformando de forma gradual em voltinhas diárias continuas, livres, descontraídas e fáceis entre temperaturas frescas acompanhadas de chuva neste final...
...assim, de forma livre e gratuita, sem qualquer investimento monetário , por vezes entre a companhia de bons amigos, outras na admirável solidão, percorri variados caminhos em redor de Portalegre, entre a Serra de São Mamede, neste meu Alto Alentejo, acumulando segundo o meu Suunto Ambit hr neste 1ºMesociclo de trabalho de base, 48 voltinhas = 48h53` = 479,1km = 8938m D+, tendo hoje com a sua conclusão atingido o primeiro cume, o qual me permite observar o novo trilho que me transporta gradualmente a partir de amanha para o próximo topo de montanha...
...ate este, despeço-me desejando a todos boas Aventuras!!! ...abraço, lfmricardo

quarta-feira, 31 de julho de 2013

"...Julho foi partilhado..."

...Julho foi partilhado entre inúmeros afazeres, alguma preguiça misturada a desencontros na realização da minha voltinha diária, tenho saboreado sempre que oportuno todos os extraordinários convívios gastronómicos familiares ou entre amigos, como também os concertos musicais que tem surgido neste meu alto Alentejo, em redor deste monte apelidado de cidade de Portalegre, esquecida no tempo, onde nada se passa, onde pouco existe, enquanto das Feiras de Artesanato e Gastronomia dos municípios vizinhos, Xutos & Pontapés no Gavião, Pedro Abrunhosa em Avis e Amor Electro em Nisa...
...Agosto, trará consigo o inicio de um renovado ciclo, não me refiro aos furtos praticados pelos políticos nacionais entre negociatas de acções do BPN, contratos Swap, nem a favorecimento entre Freeport ou compra de Submarinos, ou ainda ao corte nos vencimentos, subsídios ferias/natal ou nas pensões somente para alguns...
...a nada disto me refiro, pois disto esta o povo farto e pela atitude ate gosta!!!
...Julho é passado, nada interessa, a mente concentra-se no Agosto que  trará consigo o inicio de um renovado ciclo em termos pessoais, entre um compromisso comigo mesmo de realizar a minha voltinha diária de forma assídua, gradual e ainda gratuita sem pensar em Desafios, como também desfrutar enquanto do gozo de um período de ferias entre momentos de total liberdade no meu Refugio, onde possuo a possibilidade de permanecer em plena ignorância longe de noticias deprimentes...
...de referir ainda as saudosas madrugadas em mais um Festival do Crato, voltando a saborear extraordinaros momentos, enquanto da oportunidade pela cultura de qualidade nos visitar!!!
...venha Agosto, despeço-me como sempre enviando um renovado abraço, lfmricardo  

segunda-feira, 24 de junho de 2013

...Uivo dos 43º Aniversario na Vila de Manta Rota...

42ª Dádiva Benévola de sangue
...ultrapassados os problemas de saúde que me impossibilitarem de realizar a minha voltinha diária ou participar em alguns Desafios d´Aventura de Trail Running, encontro-me agora com todos os níveis repostos no organismo, confirmação obtida através das analises de controlo realizadas que atribuíram a devida autorização para realizar a minha 42ª Dádiva Benévola de Sangue...
trabalhos no Refugio
...esta prolongada e indesejada paragem, foi uma penosa travessia, ultimamente aliviada entre trabalhos de manutenção no meu "Refugio" que representa o meu "Ginásio natural" através da utilização de variados movimentos de força...
...não irei perder o meu precioso tempo com lamentações, mas sim aproveitar toda esta aprendizagem resultante do que passei e prosseguir, após este primeiro ciclo de três anos de adaptação ao Trail, reiniciando um novo ciclo na busca de no futuro empreender somente em ambiciosos Desafios Pessoais de Ultras-Trail, "Duro, Puro, Genuíno"...
jantar no acolhedor "O Finalmente"
...de momento, encontro-me no desejado regresso a esta acolhedora Vila de Manta Rota, onde celebro hoje o meu 43º aniversario e recarrego baterias nuns merecidos dias de ferias na companhia da minha preciosa "Alcateia", que em muito me tem apoiado...
...longe do meu habitat natural, que é com toda a certeza o Alentejo, mais propriamente a serra, o Parque Natural da Serra de São Mamede, sendo por aqui, na praia, junto ao mar, entre o areal que inicio o meu novo ciclo, realizando as minhas reflexões escolhendo os meus próximos objectivos...
...desejado Regresso d´Aventura...
...trouxe na bagagem o livro "RUN! CORRE! do Ultramaratonista Dean Karnazes"  gentilmente oferecido pelo meu grande Amigo Luís Ferreira, com o desejo que o mesmo me sirva de inspiração para grandes Aventuras Desportivas, sempre que possível entre a sua magnifica companhia, conjuntamente com o equipamento para iniciar de forma lenta e gradual as minhas corridas diárias no extenso areal desta magnifica praia, sentindo por sinal neste meu inicio de época o desejo de regressar como próximo Desafio a UTAX , na magnifica organização da "Go-Outdoor"... 
...por momentos despeço-me desta forma, enviando um grande abraço, agradecendo todas as felicitações recebidas pelas mais variadas vias...
...Obrigado a todos, lfmricardo

quarta-feira, 1 de maio de 2013

"...terceiro ano a Uivar..."

...comemoro hoje em simultâneo com o "Dia do trabalhador (desempregado)" o meu "...terceiro ano a Uivar..." projecto pessoal de Desafios d´Aventuras em Ultra Maratonas, onde nestes rápidos três anos, empreendi na busca dos meus próprios limites físico/mental, através da participação em alguns Desafios em Trail Running, concluindo todos os quais a que me propus de forma honesta, sem "atalhanços" e limpa sem a ingestão de "aditivos"...
...hoje, representa também o meu regresso a actividade física diária, após um afastamento forçado devido a problemas de saúde, tendo servido estes últimos tempos de profundas reflexões, numa espécie de "retiro espiritual" que me indicou a correcta direcção neste meu novo caminho...
...o rascunho para a minha participação em Desafios referente a este 1ºsemestre 2013 foi todo anulado, restando-me agora iniciar a dolorosa afinação da maquina, através da realização gradual de treino diversificado entre as corridas diárias, o rolar de bike/btt e em trabalhos no meu Refugio que representa o meu ginásio natural...
...assim será nas próximas 8/9 semanas, no decorrer de Maio/Junho de forma fácil, livre, descontraída e gradual, na busca de melhorar a  desejada condição física, equilibrar o meu peso e após este período voltar a empreender num desejado Desafio como objectivo de 2ºMacrociclo...
...continuo a não pretender competições, tempos, classificações, etc, pois estes não são conteúdos que admiro, no entanto percebi que preciso cada vez mais de estabelecer um exigente objectivo, que através do desejo na sua participação me transmita motivação para praticar desporto diariamente, contribuindo o mesmo como forma de crescimento interior e descoberta de mim mesmo, numa saudável vivência entre alguns bons e verdadeiros Amigos...
...por momentos, despeço-me com um grande abraço, lfmricardo

domingo, 17 de março de 2013

"...tudo acontece por uma razão..."

...transmito neste meu "Uivo" que os últimos tempos não tem sido fáceis devido a uma contractura no gémeo direito que me remete para tratamentos e descanso absoluto, obrigando-me a anular algumas participações nos Desafios d´Aventura em Trail Running previstos em Rascunho, sendo o mais difícil a tudo isto o facto de estar privado da minha "voltinha diária", esta a principal razão de tudo...
...aceitando tudo isto, porque acredito que "tudo acontece por uma razão", aproveito para reflectir, atenuando o pensar no sentindo que mesmo faltando-me algo, estou a fazer o devido, recuperando e fazendo os tratamentos prescritos, encontrando-me agora menos ansioso após detectar os erros e compreender que no futuro tenho que emendar alguns procedimentos...
...assim, tudo isto possui algumas coisas de positivo, o facto de obrigatoriamente parar, alertou-me a inverter o trilho conforme a simbologia da vara bifurcada de um Caminheiro de C.N.E., remetendo-me de novo no trilho desejado que contempla o evitar o mais possível o alcatrão que me desgraça as pernas e correr somente em montanha, seguindo o desejo de empreender nas distancias das Ultras, pois sei que quanto para mais longe correr e quanto mais alto subir, melhor me conhecerei, mais descobrirei de mim, crescendo conjuntamente entre novos Desafios que devido as suas dificuldades naturais, distancia, acumulados altimetria, tecnicidade dos trilhos, me transmitem humildade, medo, ansiedade, sendo os quais descritos de abertos a todos, mas somente ao alcance de alguns...
...confesso que detesto corridas, competições entre tempos e classificações, clubismos, gentes gabarolas com ar de superioridade e hipocrisia, dai pretender que o trilho a seguir seja na necessidade em empreender somente na busca do meu eu, dos meus limites, sendo estes os que me transmitem motivação para continuar a correr a qualquer hora ou circunstancia, de madrugada, de noite, com chuva, vento, frio ou sol abrasador, evitando a desmotivação entre o repetir de Desafios gastos pelo tempo, somente para preencher calendário, com também desperdiçar energias e despesas inerentes, numa altura em que já se assiste por parte de inúmeras colectividades, organizações que se julgam melhores que todas as outras, mas que vendem gato por lebre,  apelidado qualquer Desafio de Trail Runnig...
...ainda que tenho dedicado mais de mim no meu Refugio entre trabalhos, aproveitando ainda a oportunidade sempre que a Cultura de qualidade visita esta pequena cidade de Portalegre, neste meu Alto Alentejo, onde se sobrevive esquecido pelo poder politico central, caminhei na passada noite ate ao C.A.E.P. Centro de Artes e Espectáculos de Portalegre, onde reencontrei mais uma vez Jorge Palma, musico, compositor que transformou o palco na sua sala de estar, recebendo assim todos os que esgotamos a sala e ali permanecemos para contemplar o seu trabalho, neste seu espectáculo "Intimo" que durante perto de 2h, acompanhado pelo seu filho, Vicente Palma entre as trocas dos acordes do piano e das violas me despertou para um apreciável mundo de sentidos, emoções, embaladas pela sua mensagem que me transportou ate aos tempos da minha saudosa adolescência...
...obrigado Amigo Jorge Palma, regressa ate nós sempre que andares na estrada!!!
um abraço, lfmricardo

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

"...Fevereiro, Uivo de desalento..."





...no inicio deste Fevereiro, satisfeito e recuperado da conclusão da UTAbutres, prossigo nas minhas voltinhas diárias livrementedivertindo-me, sentindo a felicidade de correr enquadrando as mesmas na minha disponibilidade, na escolha da diversidade dos circuitos, distancias ou duração, sem que tudo isto me obrigue a cumprir regras, horários ou  qualquer despesa com inscrição, transporte, etc...
...entre o passar dos dias, eis que sou apanhado por um vírus gripal, que me provoca dores no corpo e alguma febre, obrigando-me a uma paragem enquanto da realização da minha desejada voltínha diária, ingerindo uns Cê-gripes e Ben-o-rons, que somente fizeram bem ao proprietário da farmácia, transformando tudo isto num combate desleal, conseguido por fim triunfar sobre o rufia do vírus gripal, degustando umas "Vaidosas" de umas Sagres frescas entre Amigos, a melhor companhia para um convívio gastronómico Alentejano...
...após esta receita milagrosa que me deixou completamente reestabelecido, reinicio as desejadas voltinhas de forma cautelosa e gradual, neste meu Alto Alentejo por onde vou sobrevivendo, surgindo de imediato uma contractura muscular no gémeo direito, que me deixa INOP, de perna avariada, impossibilitando-me novamente de sentir a felicidade por correr diariamente, regressando ao Trilho do Desalento...
...se incluir a tudo isto a realidade transcrita no meu recibo de vencimento relativo a este maldito Fevereiro, que me obriga a contribuir no pagamento de uma divida, que não fui eu que contrai nem originei, observando diariamente que todos os que possuem responsabilidades sobre a mesma, se riem de mim com os bolsos cheios...
...enquadrando ainda nesta revolta interior, conjugada com a paragem forçada e mesmo sentindo na pele o furto diário a que sou alvo por parte dos "magnatas" deste meu Portugal, "muito mal frequentado desde o 25 Abril de 1974", desloquei-me ao Banco de Sangue do Hospital Portalegre onde realizei a minha 41ª Dádiva Benévola de Sangue, ignorando os cortes nos benefícios enquanto dador, sentindo o prazer por doar algo meu, de forma livre, gratuita que será necessário a alguém, na esperança que esse alguém o receba tal como eu o doei, de forma gratuita...
...ainda, privado de acumular km nas pernas e registos no meu Suunto Ambit hr, resta-me ir escutando a "Grândola Vila Morena" e continuar a acreditar que "tudo acontece por uma razão"...
...assim, ate que consiga regressar, aproveito para reflectir, corrigir, ajustar e desbravar o trilho pretendido num futuro breve, despedindo-me por agora com um grande abraço, lfmricardo

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"...IIIº Ultra Trail dos Abutres..."

...Cartaz do Desafio...
...entre a excelente organização da Associação Abutrica, realizei novamente o meu primeiro "Desafio d´Aventuras 2013", que para alem do desejado regresso aos trilhos em redor de Miranda do Corvoapós uma viagem madrugadora, cautelosa e segura, desde Portalegre, "cidade do Alto Alentejo, cercada de serras, ventos, penhascos, oliveiras e sobreiros", conforme escreveu um dia o poeta José Régio...
...no pavilhão gimnodesportivo de Miranda do Corvo, Serra da Lousã, realizei os normais procedimentos de secretariado de forma rápida e eficiente, observei os últimos 
....secretariado...
preparativos, entrei no corredor para verificação de material obrigatório, permanecendo na caixa de 0km, aguardando pelo inicio d´Aventura num reencontro de Amigos, que tal como eu apreciamos o verdadeiro espírito do Trail Puro e Duro, composto por percursos entre a mãe natureza, repleto de trilhos técnicos, muitas das vezes inacessíveis de qualquer outra forma, sem ser a pé, em zonas montanhosas entre grandes declives, riachos, transposições de obstáculos naturais como árvores, paredes, escalada de rochas, de forma a que a sua tecnicidade e dureza exija uma progressão lenta e cautelosa, existindo por parte de todos os participantes e organizadores, uma relação com características numa competição saudável, companheirismo, entre ajuda, longe de condutas antidesportivas, num ambiente saudável, com muito respeito, protecção e preservação pela natureza...
...gráfico do Desafio com representação km, abastecimentos e altimetria...
...conforme o gráfico de altimetria, a "voltinha Abutrica" de 45,400km sofreu um aumento para 47,400km com 2,435m D+ » 2428m D- = 4863m Desnível total, devido a metrologia dos últimos dias, possuindo assim todos os ingredientes para me deliciar ao máximo, relembrando que pretendo divertir-me na busca
...dentro do Parque Biológico...
da minha superação física/mental entre a transposição de todas as dificuldades, tendo inicio o Desafio d´Aventura assim que escutei a ordem para tal, mantendo a atenção necessária na confusão inicial, onde todos buscam a melhor colocação, tento encontrar o meu espaço e ritmo, iniciando a competição somente comigo mesmo...
...após os primeiros 9km, chego em grupo ao 1ºabastecimento na Vila Nova, sou controlado e prossigo entre inúmeros pântanos de lama, iniciando a abordagem a serra, por entre subidas e trilhos técnicos onde se alcança o 2ºabastecimento nos Mestrinhos ao 18km...
...a chuva inicial tinha desaparecido, instalando-se um nevoeiro serrado na altitude da serra, descendo entre ribeiros com caudal forte de agua fria, saltando inúmeras árvores tombadas pelo ventos e subindo algumas rampas ate ao 3ºabastecimento na Srª da Piedade de Tábua ao 24km, local onde abasteci a mochila de agua e ingeri um apetecível caldo de sopa quente...
...sai num grupo, que se foi desfazendo na subida íngreme, escorregadia e muito técnica ate ao 4ºabastecimento junto ao Parque Eólico, onde o  nevoeiro e o vento frio nos gelava o suor do corpo, descendo-se novamente e subindo-se de seguida num enorme calvário de 6km entre ambos os abastecimento, chegando ao próximo que representava o 5ºabastecimento na Aldeia de Xisto do Gondramaz no 34km...
...trilho técnico canal...
...travessia de ribeiros...
...de lá, sai num percurso em descida muito técnica, perigosa e escorregadia, recorrendo constantemente ao apoio de cordas de escalada em muitos dos locais, em redor de um ribeiro, quer por dentro do mesmo ou atravessando inumeras vezes as suas margens, que me levaram ate ao 5ºabastecimento, 42km na Aldeia de Espinho...
...exausto, mas controlado, sabia que apenas me faltavam 5km, por entre trilhos mais a rolar, entrando dentro de Miranda do Corvo, com a certeza de mais uma conquista pessoal, restando-me apenas empurrar o corpo, controlar a mente e ignorar as dores, pois o desejo de cruzar o insuflável final localizado dentro do pavilhão municipal era imensa, e foi lá que saboreei os momentos que somente quem o consegui concluir consegue compreender as emoções que são indescritíveis por palavras...
...realizei alguns alongamentos, troquei opiniões de circunstancias com alguns companheiros desta "arte" e tomei um merecido banho de agua gelada, bem prolongado e insistente numa tentativa de me desencardir o melhor possível de toda a lama que transportava comigo...
... insuflável final...
...bem gelado, vesti roupas quentes e saboreei um merecido almoço, composto por uma sopa de legumes, esparguete com carne picada, salada mista, uma Sagres fresca e para finalizar uma gelatina de morango entre uma conversa animada na companhia de grandes desportistas...
...o meu Suunto Ambite hr, registou 7h16m11s nos 47,400km com 2,435m D+ » 2428m D- = 4863m Desnível total, de muito prazer e divertimento entre muito boa companhia, desde todo o incansável "Staff Abutrico", a todos os participantes com quem fui vivendo as dificuldades nos trilhos e todos os Amigos que reencontrei...
...eu e a minha "Patrocinadora"...
...para terminar, acrescento que na viagem de regresso a Portalegre, onde já me encontro na companhia da minha alcateia a teclar este "Uivo"que agora publico, reflecti sobre o prazer e a alegria que senti por ter realizado e concluído mais uma vez este Desafio » Ultra Trail dos Abutres, percorrido entre uma paisagem natural de extraordinária beleza, inserida no calendário nacional da A.T.R.P. Associação de Trail Running de Portugal, com a classificação de M.D. Muito Difícil, sentindo o desejo de voltar novamente na futura edição...
...T-shirt Desafio e troféu Finisher...
...são estes "Desafios d´Aventuras em Trail Running", que me alimentam  e me atribuem motivação, representando o suplemento da minha voltinha diária, sublinhando que o faço nesta minha forma desajeitada de um simples e humilde desportista amador...
...estou muito grato a todos os que colaboram comigo, nas suas mais variadas formas, aos que me apoiam e incentivam pessoalmente ou através do telm., sms, e-mail ou Facebook, transmitindo-vos que continuarei a tentar concluir brevemente mais um Ultra Desafio...
...Obrigado, Beijinhos e Abraços para todos voces, lfmricardo

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

"...primeira "voltinha" de 2013..."


...mais um ano, um novo dia, numa manha de sol brilhante, enquanto alguns adormeceram a pouco, outros interrompem o seu curto sono na procura de algo que ajude a combater a ressaca provocada pelos excessos cometidos da "farra" na madrugada passada, optando eu por realizar a minha primeira "voltinha" de 2013registando o meu Suunto Ambit hr; 2h14m58s, 24,5km, 724acs, 721dcs, 10,9avs, em ritmo livre, num circuito com saída e regresso da minha residência de Portalegre, pelos acessos de ligação em alcatrão e os trilhos de terra batida que serpenteiam ate junto das antenas da serra de São Mamede, regressando pelas inúmeras e variadas alternativas, satisfeito e motivado, pronto para iniciar mais um Macrociclo anual...
...assim, nesta manha, deserta, em plena solidão, cruzando-me apenas com os poucos que me observavam surpreendidos pelo interior das suas viaturas, desconhecendo eu, o seu possível pensamento, ou comentário, atribuindo apenas importância ao facto de me encontrar a correr em direcção aos objectivos pessoais propostos em "Rascunho" para os meus "Desafios d´Aventuras 2013", que englobam critérios na sua "Escolha"»"Preparação"»"Realização"»"Conclusão" enquadrando tudo isto numa perspectiva consciente de que se prevê um ano de 2013 difícil financeiramente...
...sublinho, que por esta razão, mas também por estabelecer outras prioridades pessoais, não me inscrevi para selecção de participação nos 168km » Ultra Trail du Mont Blanc 2013, conforme planeei e pontuei na qualificação/2012 exigida para tal, tendo após alguma reflexão, optado por hibernar esta ambição por tempos e direccionar o avultado investimento financeiro necessário, noutros objectivos, também eles bastante aliciantes e atractivos... 
...assim, em "Rascunho" que por ser um rascunho, possui uma linha de orientação flexível, ajustado sempre que se justifique na minha vida pessoal, familiar, profissional e por sinais transmitidos pelo corpo, baseada em critérios de calendarização, no possível investimento financeiropreferencialmente em Maratonas e Ultra-Maratonas, na busca de evoluir de forma gradual nas suas distancias, dificuldade técnica e acumulados de altimetria, respeitando assim a nossa condição humana, de uma vez que nascemos selvagens, gatinhamos, surgem os primeiros passos combalidos, que quando de forma repentina, caímos redondos no chão...
...a "Escolha" foi baseada no reconhecimento que possuo na qualidade dos eventos e suas organizações, mas também no restante ambiente envolvente, seleccionando entre todos os "Desafios" dois grandes objectivos para este ano/2013, com a participação em duas Ultra-Maratonas, uma no primeiro semestre "Junho" e a outra no segundo semestre"possivelmente Outubro", devido a existir varias alternativas...
...a sua "Preparação" será através da "voltinha" diária realizada desde a porta de casa com acesso directo nos inúmeros estradões, trilhos, single tracks em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, neste meu habitat natural, onde vivo desde a infância, que conheço como poucos, obtendo muito prazer de forma gratuita,  precisando somente de investir na energia física mental necessária, para as pernas carregarem o corpo de horas e km...
...a sua "Realização" é o colocar de um dorsal em mim próprio numa competição comigo mesmo, sendo o continuar da felicidade sentida através do prazer que obtenho enquanto corro, a busca pela motivação para o fazer diariamente desta forma, apenas como humilde desportista amador, individual que sou, divertindo-me saudavelmente com a superação dos obstáculos transponíveis, convivendo socialmente entre Amigos desta Arte...
...a sua "Conclusão" é o teste final de todo o trabalho desenvolvido, a busca dos próprios limites físico/mental, crescendo como homem e desportista entre as dificuldades, reflectir na admirável solidão, mas também o celebrar de todo o processo...
...assim, após ter feito o balanço final da época passada, diminuído nos últimos tempos um pouco o volumerecuperando para retomar sem fadiga a preparação para os Desafios d´Aventuras 2013 que planeei, sendo agora tempo de retomar de forma gradual as minhas "voltinhas" diárias, incluindo os "Desafios Intermédios" de avaliação, preparação, convívio e busca de motivação, regressando novamente para participar na IIIª Ultra Trail Trilhos dos Abutres » 45km + 2300m D+, voltando a atribuir 1 ponto para qualificação UTMB 2014...
...enquadrando com tudo isto, pretendo de forma voluntária mais três Doações Benévolas de Sangue em 2013, sentindo a felicidade que as mesmas me proporcionam, aguentando o desgaste que as mesmas me causam, despedindo-me com um ate breve, desejando a todos ...um Feliz Ano Novo... abraço, lfmricardo